sexta-feira, 27 de maio de 2016


A prefeita Edna aceita o pedido do povo

Depois de muita revolta popular a prefeita Edna Teixeira veio até a residência do Chico Leal que era Administrador de Marudá e pediu para que ele continuasse como administrador do Distrito, a prefeita e vereadores aliados queriam o sr. Fernando Kitut dono de um restaurante como administrador de Marudá e que ficasse ao lado do Chico, mais a população não queria, mais ela acatou a voz do povo, segundo ela “não vai ser mais administrador Fernando, eu quero você Chico Leal”. Chico aceitou, mais falou algumas coisas pra Prefeita exigindo algumas ações e apoio para continuar no cargo, com isso o povo de nosso Distrito agradeceu e vamos continuar ajudando o Chico no comando do Distrito. A rádio comunitária de Marudá continua ajudando o amigo Chico Leal no que for possível. Nós amamos e fazemos Marudá. 
Mais uma ação da nossa rádio comunitária.
Desta vez foi uma cadeira de rodas doada para o amigo "Campa" o pai do "Cheirinho" morador do bairro do Cafezal em Marudá, essa cadeira teve o apoio dos ouvintes da rádio Tropical e doação dessa linda família do Tapanã em Belém. O meu amigo “Campa” agradeceu emocionado...

sábado, 21 de maio de 2016

A luta por uma Marapanim melhor não acabou, apenas começou!
Vivemos em momento muito conturbado e de angústias na política brasileira, em Marapanim não é diferente. Atos antiéticos, que visam o benefício próprio e não a sociedade, são ações de pessoas de má fé que querem se dar bem às custas do povo.
Existe corrupção constantes acontecendo no meio político que não está de acordo com a responsabilidade que é dada aos representantes do povo. Acontecem muitos escândalos envolvendo políticos corruptos que se aproveitam a oportunidade de estarem no poder e desviando dinheiro público para suas contas bancárias, cometer crime de favorecimento de parentes, fazer esquemas de compras ou obras superfaturadas.
Esquecendo que eles estão ocupando essas cadeiras porque foram escolhidos pela população que os julgaram aptos para exercer os mandatos para os quais foram escolhidos.
A justiça concedeu uma liminar e reconduziu Edna Teixeira ao cargo de Prefeita de Marapanim. Edna foi afastada do cargo após decisão da Câmara Municipal de Vereadores de Marapanim, por várias irregularidades, entre elas improbidade administrativa. O afastamento seria de 90 dias.
Meus amigos, minhas amigas de Marapanim. Neste momento quero agradecer os votos de incentivos e considerações ao nosso governo. Esses trinta dias como Prefeita Interina deste município, nossa gestão se pautou nesse tempo na transparência do dinheiro publico e honrando o nosso compromisso com o povo, que é de administrar o funcionalismo público com respeito e ética.
Nesses trinta dias de governo, muito foi feito. Colocamos em ordem os pagamentos dos servidores públicos e temporários, recuperamos as máquinas de propriedade do município, que encontramos quebradas e sucateadas, em especial as ambulâncias, recuperamos a lancha escolar e também reativamos a Fábrica de Gelo, além da limpeza geral que estar acontecendo no Cemitério da Cidade. Iniciamos a iluminação da praça pública de Marudá. Encontramos 90% das lâmpadas queimadas e o restante das localidades nas escuras, fizemos um esforço nesse sentido de recuperar a iluminação pública do município.
Na região da água salgada iríamos realizar um mutirão de limpeza, que iniciou em Marudá, e se estendeu até as localidades de Vista Alegre, Recreio e Araticum. Entregamos uma caixa de água na localidade de Porto Alegre, a nova caixa substituiu antiga de dez anos, que não supria a necessidade da comunidade.
Na área da saúde estávamos fazendo uma ampla reforma no hospital de Marapanim, ativando serviços que estavam parados, como o raio x, o laboratório, serviços odontológicos, exames de rotina dentro outros. Foi entregue os consultórios odontológicos de Vila Maú e Vista Alegre. Iniciamos a reforma nos postos de saúde das comunidades do Ubussú e Abaetezinho que estavam abandonados. Corremos atrás de recursos para entregar os postos de saúde de Camará, Araticum, Fazendinha e do Bairro Novo. Iríamos entregar em breve a Escola do Guarajubal.
Além disso, todos os dias nossa equipe estava nas ruas trabalhando por melhorias na saúde, educação e segurança.
Trabalhei, não parei um segundo, e não irei parar de lutar pelo progresso e desenvolvimento da minha querida e amada Marapanim.
Obrigada a todos que fizeram parte da minha gestão, direta ou indiretamente e que não mediu esforços para construir uma Marapanim melhor.
Maria Inês Rosa, filha com muito orgulho dessa terra, que tem uma história ilibada e honranda.
Um forte abraço!
A cidade de Marapanim, no nordeste paraense, vive um clima de tensão e incertezas: em menos de 24 horas, três pessoas podem "assumir" o cargo de prefeito no município.
Na manhã desta sexta-feira (20), moradores e servidores da prefeitura protestaram em frente à Câmara dos Vereadores logo após o presidente interino da casa, vereador Paulo Merabeth, empossar a vice-prefeita eleita do município, Edinaide Teixeira.
Houve confusão e a Polícia Militar precisou ser acionada para impedir invasão e depredação do patrimônio público. Apenas uma janela foi quebrada e ninguém ficou ferido.
De acordo com um morador, que prefere não ser identificado, os servidores que protestaram em frente à Câmara - e que aguardam o pagamento dos seus salários - discutem a possibilidade de realizar novo protesto caso Edinaide Teixeira assuma o cargo em definitivo.
O fato aconteceu horas após a prefeita interina de Marapanim, vereadora Maria Inês Rosa, que era a presidente da Câmara dos Vereadores, ter reassumido o cargo do poder executivo com força de uma liminar, na noite de quinta-feira (19).
(Foto: reprodução/Facebook)
Antes disso, na noite quarta-feira (18), uma liminar em favor de Edinaide Teixeira, que foi afastada pela Câmara dos Vereadores por improbidade administrativa em abril deste ano, quando Inês Maria era a presidente, também reconduziu a vice-prefeita eleita à condição de prefeita interina.
"Ainda não fui notificada, portanto, continuo prefeita interina", disse ao DOL, por telefone, Inês Rosa. "De qualquer forma, foi garantido desde ontem o pagamento dos salários dos servidores públicos e temporários que recebem pelo Banpará. Já o pagamento dos funcionários que recebem pelo Banco do Brasil, cujo dinheiro está bloqueado pela gerência do banco, deve ser realizado após toda esta situação ser regularizada, o que esperamos que aconteça o mais breve possível."
Nas redes sociais, a prefeita interina compartilhou seu retorno com a população.
Entretanto, o fator que promete deixar a situação do município ainda mais complicada é uma liminar em favor da prefeita eleita Edilene de Moraes, afastada em setembro de 2015, que pode colocá-la no cargo novamente.
Essa liminar foi protocolada ontem, mesmo dia em que a liminar da prefeita interina Inês Rosa derrubou a liminar da vice-prefeita eleita Edinaide Teixeira, e isso pode representar três prefeitas no município em menos de 24 horas.
ENTENDA O CASO
A prefeita eleita em 2012, Elza Edilene Rebelo De Moraes, foi afastada do cargo em setembro do ano passado após denúncias de improbidade administrativa, em ações civis públicas protocoladas pelo Ministério Público. Seu afastamento foi deferido pela juíza da Comarca de Marapanim, Shérida Keila Pacheco Teixeira Bauer.
A vice-prefeita de Marapanim, Maria Edinaide Silva Teixeira, assumiu como prefeita interina logo após o afastamento de Edilene, mas foi afastada em abril deste ano pela Câmara dos Vereadores, também por improbidade administrativa.
Na linha sucessória, a então presidente da Câmara dos Vereadores de Marapanim, Maria Inês Rosa, assumiu o cargo do poder executivo, tornando o vereador Paulo Merabeth o presidente interino da Câmara.
ATUALIZAÇÃO
Até o início da noite dessa sexta-feira (20), a gestora Edinaide Teixeira, que era vice-prefeita eleita do município, havia ficado no cargo de prefeita de Marapanim. 
(DOL)

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Suárez aponta Neymar como sucessor de Messi como melhor jogador do mundo

Do UOL, em São Paulo
  • 18/05/201609h27
  • O atacante Luis Suárez fez temporada espetacular pelo Barcelona. Após terminar o Campeonato Espanhol como artilheiro, com 40 gols, o atleta encerra a temporada como principal nome do clube catalão.
No entanto, o próprio atacante faz votos por outro atleta de sua equipe. Em entrevista ao site oficial do Barcelona, o uruguaio apontou o brasileiro Neymar como futuro melhor jogador do mundo ao invés de citar a si próprio.
"Neymar e eu sabemos que o Leo é o melhor jogador do mundo, mas Neymar está aprendendo como ser o melhor do mundo e tem tudo que é necessário para isso. Ele está no Barcelona há dois anos, já aprendeu muita coisa e está totalmente diferente de como era quando chegou. Ele confia em suas qualidades e é um grande jogador em nível mundial", avaliou Suárez.
Após um bom começo de temporada, em que chegou a ocupar a artilharia do Espanhol, Neymar caiu de produção na reta final do torneio e acabou a temporada com 24 a gols, dois a menos do que o atacante Lionel Messi.